418-521-0411

Organização de brinquedos


Para organizar os brinquedos, a dica de ouro é sempre envolver a criança no processo. Assim, ela se sentirá parte e responsável por manter suas coisas organizadas, pois entenderá o trabalho que deu e sua função.


Se a criança for muito pequena e não souber ainda como participar, vale a pena sempre reforçar com ela a importância de sempre voltar tudo ao lugar.


Tendo isso em mente, o primeiro passo é a seleção. Juntos, separem tudo o que está em bom estado e a criança ainda usa para ser organizado.


O que estiver quebrado, deve ser descartado e o que estiver em bom estado mas a criança não tem mais interesse, pode ser doado ou vendido.


Importante ressaltar aqui: não doe brinquedos com peças faltando, quebrados ou em estado ruim de conservação. Se não serve para o seu filho, porque deveria servir para outra criança?


Feita esta seleção, então podemos passar para a fase 2: a categorização. Separe os brinquedos por afinidades: carrinhos com carrinhos, bonecas com bonecas, coisas de cozinha, bichos de pelúcia, etc. Entenda quais categorias melhor se encaixam na rotina do seu filho.


Categorias estabelecidas, agora é hora de pôr a mão na massa! Cada categoria deve ter a sua própria casinha! Assim, quando a criança acabar de usar o brinquedo, saberá onde deve ser guardado. Você pode colocar em prateleiras, caixas, cestos…. Desde que cada categoria fique no seu próprio lugar: uma caixa para carrinhos, uma prateleira para bonecas e por aí vai!


Mas para que não haja confusão na hora de guardar, identificar estes nichos com etiquetas é uma boa solução. E pra ficar mais fácil pras crianças, sobretudo aquelas que não sabem ler, uma ótima opção é colocar as etiquetas com imagens! Fotos, figuras que representem os brinquedos que estão naquela caixa.


Se possível opte sempre pelos organizadores transparentes, assim a criança consegue facilmente ver o que tem lá dentro. Mas se não der tudo bem também!


Após finalizado o processo, revise. Às vezes, o que parecia lógico num primeiro momento pode não ser. E aí é hora de ajustar!


Caso a criança tenha muitos brinquedos, uma dica bem legal é fazer uma rotação de brinquedos. Quando ela tem muitas opções, pode acabar ficando indecisa e usando sempre os mesmos , ou não querendo nenhum.


Se você faz a rotação, sempre haverá uma novidade!


Então, por exemplo. Se a criança tem 4 quebra-cabeças e 6 bichos de pelúcia, deixe às vistas 2 e e o restante guardados. Depois de um tempo, troque os que estão fora de alcance com os que estão à mão. E assim por diante!


Assim, ela usa tudo, não fica com o excesso de estímulos e tem a sensação constante de novidade, sem que você tenha que ficar comprando brinquedos novos sempre!


Então, gostou das dicas? Deixa aqui seu comentário!






 

Brooklin - São Paulo

11956969655

3568212/0001-09

©2020 por Dani Bicudo Organizer. Orgulhosamente criado com Wix.com